Últimos Posts

ANO SANTO DA MISERICÓRDIA 2016 - Clique e saiba mais...

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

PAZ E BEM 3.0: Ministério de Música celebrará o seu TERCEIRO ANIVERSÁRIO com grande LOUVOR em Ação de Graças


Neste mês de agosto, o Ministério de Música Paz e Bem comemora o seu terceiro aniversário, mais um ano de existência, repleto de muita alegria, desafios e dedicação.

No intuito de comemorar o seu aniversário, o Ministério Paz e Bem, com o apoio de alguns grupos e movimentos da Paróquia de São Pedro, preparou uma programação toda especial para celebrar essa data. A programação contará com a apresentação especial dos Ministérios de Dança Chiara Luce e Ador'Art, além de um maravilhoso louvor em ação de graças, sob o comando do Ministério Paz e Bem, aniversariante do mês.

BANNER DE DIVULGAÇÃO DO LOUVOR DE ANIVERSÁRIO

 A festa de aniversário da Paz e Bem, está sendo muito aguardada, principalmente pela juventude. Em 2015, o evento, realizado também no centro de formação (clique aqui e relembre como foi no ano passado), recebeu a presença de centenas de pessoas, a maioria jovens, vindos de diversos bairros e de algumas comunidades do interior, que protagonizaram um lindo momento. O convite foi renovado para este ano,  oportunidade do terceiro aniversário, em que mais uma vez é esperada uma grande participação.

O evento acontecerá no próximo sábado (27/08), no Centro de Formação Paroquial PE. ZACHARIAS  S. LIMA NETO, ao lado da Igreja Matriz, com início previsto para as 18:30h.

Todos estão convidados a participar desse momento festivo, em comemoração ao aniversário desse Ministério que tem levado mais alegria e espiritualidade a todos as comunidades por onde passa, cumprindo fielmente o seu papel de evangelização através da boa música.

Participe você também!!!


UM POUCO DA HISTÓRIA: SAIBA COMO SURGIU O MINISTÉRIO DE MÚSICA PAZ & BEM



Agosto de 2013

Dentre as reuniões que juntos participávamos, aquela mudaria definitivamente o conceito de servir a Deus através da Música, da Arte.

Reunião marcada, cadeiras postas em círculo, pouco a pouco, a chegada de cada um revestiria de sentido aquele encontro. Encontro esse, marcado pela irmandade que o Amor a Cristo proporciona.

Compondo assim nosso encontro, faziam-se presentes: Frei João Batista, Wagner Martins, Pedro Victor e Éderson Rodrigo. Naquela noite, rezávamos inicialmente para que o Espírito Santo iluminasse aquele encontro, que em pouco tempo gestaria um Ministério de Música. Falamos sobre nossos pensamentos, dificuldades e desafios, anseios e projetos, sobretudo sobre a Força que Jesus nos da(ria) para continuar(mos) com esse pensamento, pensamento este que brevemente se converteria em prática, vida em missão.

Com o passar dos dias, através do diálogo, íamos estudando e definindo aos poucos (e de acordo com a disponibilidade do ambiente e de nós mesmos) um dia fixo para nossas reuniões, ensaios e avaliações. Entre as perguntas que nos visitavam, chegou sem alarde a seguinte: “Onde ensaiar?” Logo, Frei João Batista, diante dessa nossa necessidade, conseguiu um espaço para que pudéssemos reunir-nos semanalmente. Posteriormente, combinaríamos pensar um nome que o nosso Ministério de Música pudesse portar. Depois de muito se pensar a respeito, chegávamos à conclusão que o nosso Ministério de Música ganhara um nome. Nascera então, o Ministério de Música Paz e Bem.

Prosseguimos assim, com um local para as nossas reuniões/ensaios, e através da Oração, com a espiritualidade mais vivificada e presente entre nós. Ainda na soma de tantas coisas boas que Deus continuava proporcionando, surgia então a presença daquele que seria o nosso então articulador, Daniel Lopes. Sim, pois em meio aos ofícios diários de cada membro, sentíamos levemente limitados a articular nossas direções, já que estava posta nossa nova missão.

Daniel, espontaneamente prontificou-se em colaborar no que diz respeito a muitos aspectos. Lembrava-nos sobre as reuniões, ensaios, convites para exercer-nos a nossa missão como Ministério de Música, e um ponto que aqui destacamos como ápice dos nossos encontros, a Oração voltada a Deus.

Ouso dizer, que se não houvesse tal gesto (Oração), provavelmente não prosseguiríamos na caminhada da nossa missão.


Entre irmãos que iniciaram conosco o Ministério de Música Paz e Bem, ressaltamos aqui: Ângela (Juazeiro, Parambu – CE.) que foi (É) um espelho de dedicação, com toda a sua responsabilidade de mãe, esposa, e animadora da sua comunidade (Juazeiro, Parambu – CE.), sempre fez o possível para fazer-se presente em nossos ensaios, já que residira numa Zona Rural da nossa Cidade. Destacamos também seu belíssimo dom de servir a Deus e Seus filhos (Comunidade), através da sua voz, que de tanta serenidade, permitia-nos (Permiti-nos) mergulhar na espiritualidade que as canções naturalmente proporcionavam (Proporcionam).  


By Éderson Rodrigo (Baixista e um dos fundadores)

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PALAVRA DO SACERDOTE - Vocação ao Dom da VIRGINDADE: Uma escolha de amor!



  Vocação ao Dom da VIRGINDADE: Uma escolha de amor.

Filhos(as) de Deus, quando falamos sobre o amor de Deus por nós seres humanos pensamos imediatamente no plano que Ele, o Augustíssimo Senhor Jesus, tem para cada um de nós, e portanto temos que reconhecer que estamos frente a um tema que supera tudo: ter esta certeza do amor de Deus Manifestada neste plano pessoal. 

, cada um deve se perguntar se este algo tão extraordinário está ou não sendo cultivado merecidamente por nós dentro do plano de Deus. Porque será que as vezes nós não somos capazes de abraçar a verdade sobre este plano ? Alguém já te disse que Deus não cria nada à toa e que o ser humano, criado sua imagem e semelhança é  o que há de mas precioso na terra? Que Ele te planejou e que Ele sabe muito bem onde irás ser feliz e realizado(a)? Que ele tem uma vocação especial pra você e que você irá descobrindo ao caminhar, ao escutar a sua voz que fala na tua oração, na santa liturgia e no desenrolar dos acontecimentos? 

Parece que isso não tem nada a ver com este artigo, mas foi isso que eu intuí a partir da oração ao Espírito Santo, pedindo discernimento para escrevê-lo, falando do dom da virgindade: Sabe, nós temos uma visão muito, mas muito reduzida mesmo, sobre a virgindade e é isso que não nos permite abraçar a verdade da virgindade tal como Deus planejou.

Se eu não der o valor que Deus dá para a minha vida, para minha pessoa, para minha história e para minha vocação a santidade para qual Ele me chama, então realmente a minha virgindade “não tem valor”, pode se transformar num “tabu” como muitos dizem ou num peso, como muitos sentem.  A virgindade é algo tão íntimo, tão sagrado, tão misterioso que é preciso entrar no mistério do plano de Deus para, pelo menos, olhar com seus olhos e descobrir sua grandeza. 

O primeiro fato é incontestável: Deus nos cria, homem e mulher, virgens. Deus nos cria “intocáveis”, nos cria de forma única a cada um de nós. Isso nos tem que dizer algo: a virgindade é um Bem um Dom especial de Deus a nós, e que, portanto, tem que ser apreciado, é uma realidade a ser preservado, pois Deus quis que nascêssemos assim. E digo isso pensando na virgindade física e também espiritual, isto é, virgindade da alma, e virgindade para o homem e para mulher, porque a virgindade significa tanto, mesmo para aqueles que da boca para fora a ridicularizam, porque : “ A virgindade física é uma expressão externa deste fato de a pessoa pertencer só a si mesma e ao criador ou a alguém muitíssimo especial que o criador preparou em seu plano de amor pra esta pessoa o esposo ou a esposa no santo laço do matrimônio”.   

Com a realidade do pecado original, reconhecemos a integridade de Deus que desenhou para nós no seu plano original não é fácil nem automático. Não podemos experimentar novamente a união íntima e harmoniosa que havia em nós, mas podemos ter uma ideia como era, e isso é possível quando aceitamos o dom da virgindade como algo belo como algo que reflete aquela integridade da pessoa, corpo e alma, querida por Deus. A virgindade não pode se resumir num dado fisiológico, pois corpo e alma ainda estão unidos de forma substancial. Por isso, a integridade da pessoa é perdida quando, apesar de existir a virgindade física, a pessoa deixou de ser pura pelos atos cometidos.

No plano Divino, a virgindade física deve revelar a virgindade espiritual e vice versa . Este é o plano. Quando falamos que Nossa Senhora é Virgem, Ela é virgem nos dois sentidos e de maneira plena, pois não provou a ruptura entre corpo e alma que nós provamos pelo pecado original, e jamais “conheceu” nenhum homem, para usar o termo que a Sagrada Escritura usa para designar a relação conjugal. Quando então, no plano de Deus, pode uma pessoa entregasse seu ser – e com ele sua virgindade física e espiritual- para outra pessoa? Depende da vocação que Deus lhe deu. Se a pessoa tem vocação de celibatário(a), a pessoa irá consagrar a sua virgindade a Deus por meio do voto da castidade: “esta entrega exclusiva e total a Deus é fruto de um processo espiritual, que ocorre no interior da pessoa sob a influência da Graça de Deus. Ela constitui a essência da pureza, de fato, a pessoa que escolhe a total e exclusiva entrega a Deus, vincula à pureza, que decide guardar. A pureza da pessoa significa que ela é senhora de si mesma e que não pertence a Deus exceto a Deus-Criador. A virgindade acentua ainda mais esta pertença a Deus. Aquilo que era um estado na natureza torna-se objeto da vontade, de uma escolha ser a e decisão consciente realizada”.
           
Se a pessoa tem vocação matrimonial, ela irá entregar o seu ser- de forma única, exclusiva, total- ao esposo(a) no dia das núpcias. “O matrimônio é baseado no mútuo amor esposal; sem ele a recíproca entrega física não teria o pleno apoio das pessoas, o matrimônio deveria ser fruto do “primeiro amor”, isto é, da primeira escolha”.

Sabemos que isso ás vezes não acontece: não sempre se casa o primeiro amor, e justamente por isso o namoro deve ser 100% puro casto, transparente, e sem intimidades! Longe de isso ser um ato autoritário ou arbitrário de Deus, isso serve para preservar aquilo que todo amante deseja e o que o homem e a mulher têm direito:  ser único , exclusivo e total para o amado. Isso é a lógica intrínseca de quem ama e quer ser amado.

O amor humano exige por si mesmo esta unicidade, esta exclusividade, esta totalidade. Não se ama alguém pela metade, se ama a pessoa inteira, corpo e alma e também sua fertilidade, por isso no plano de Deus a entrega da virgindade nas núpcias (que é sentido como entrega pela mulher e como posse pelo homem) é algo que os une de forma totalmente diferente de qualquer casal na face da terra, e é justamente por isso que a união de uma só carne, ou seja, a relação conjugal tem um valor tão especial no plano de Deus; a relação sexual entre um esposo e uma esposa -  no plano de Deus- está chamada a refletir o amor trinitário, com todas as suas características, que podem ser resumidas em ser um amor livre, total, fiel e fecundo. Ambas as vocações, o celibato pelo reino de Deus e o matrimônio são maneiras de viver a vocação a virgindade que todo ser humano recebe e que lhe é inato: o amor conjugal é virgem na sua condição fiel e santa ao esposo(a) tanto quanto o celibatário é virgem em sua consagração particular e pessoal. Assim sendo, Toda vocação é um ato de amor e todo amor termina em vocação.


Pe. Chagas, Pároco da Paroquia São Pedro em Parambu, Ceará.
Agosto 2016.



           

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Festejos a DOM BOSCO movimenta a comunidade do DISTRITO DE MIRANDA

A comunidade do Distrito de Miranda está em festa!

Tiveram início, na noite do último sábado (20/08), os tradicionais festejos a São Dom Bosco, padroeiro da comunidade Miranda. A abertura da festa do padroeiro de Miranda se deu com uma Santa Missa, presidida pelo Diácono Manoel.

A programação teve sequência neste domingo (21/08), com novena, às 19h, dedicada à juventude, com a pregadora Vânia Lemos, e contou com a presença de jovens vindos das comunidades do Bairro Brasília e Bairro Caixa D'Água, que seu uniram com a juventude local para esse momento de oração e devoção ao "santo da juventude". A pregadora da noite aproveitou para levar os fieis a refletirem a importância daquela data, em que também se celebrava a Festa da Assunção de Nossa Senhora, explicando também o seu significado para nós cristãos. Antes da pregação, a comunidade do Bairro Brasília realizou uma apresentação, relembrando a passagem bíblica, em que Maria visita a sua prima Isabel, que já esperava dar a luz a João Batista.

Após a novena, os fieis e toda a juventude se reuniram na pracinha da capela, onde protagonizaram um maravilhoso momento de louvor, ao som do Ministério de Música Paz e Bem, que agitou a segunda noite dos festejos. Além do ministério de música, os participantes ainda puderam assistir a linda coreografia do Ministério de Dança Ador'Art, ligado ao grupo "Filhos da Rainha" (Bairro Caixa D'Água) e ainda  saborear as delícias da barraquinha de Dom Bosco, montada pela comunidade.

A programação tem continuidade hoje (22/08) e segue até o dia 28 de agosto.

Confira fotos da noite da juventude  e abaixo toda a programação!!!


































































PROGRAMAÇÃO DOS FESTEJO A DOM BOSCO 2016
COMUNIDADE DE MIRANDA 

Objetivos:

v  Despertar na comunidade a vivencia da misericórdia;
v Reunir as comunidades para fortalecer a nossa fé;
Programação:

DIA 20/08 (Sábado): Missa de Abertura às 19hs;
Pregador: Diácono Manuel

DIA 21/08 (Domingo): Novena às 19hs.
Homenagem: Juventude
Comunidades Convidadas: Todos os grupos de jovens da paróquia.
Pregador: Vânia
Animação: Louvor com o Ministério de Música Paz e Bem.

DIA 22/08 (Segunda - Feira): Novena às 19hs;
Homenagem: Funcionários públicos
Comunidades Convidadas: PASCON
Pregador: Abraão Barros

DIA 23/08 (Terça - Feira): Novena às 19hs;
Homenagem: Idosos e Aposentados
Comunidades Convidadas:Legionárias de Maria
Pregador: Neile Torquato

Dia 21/08 (Quarta - Feira): Novena às 19hs;
Homenagem: Crianças e Catequese
Comunidades Convidadas: Grupo Fonte de Água Viva
Pregador: Mazé

DIA 25/08 (Quinta-Feira): Novena às 19hs;
Homenagem: Dizimistas e Ministros da Eucaristia
Comunidades Convidadas:
Pregador: Antonio Lopes

DIA 26/08 (Sexta – Feira): Novena às 19hs;
Homenagem: Homens do Terço
Comunidades Convidadas: Grupos do Terço dos homens das Comunidades de Miranda, Gavião, Monte Sion, Juazeiro e Igreja Matriz.
Pregador: Diácono Manuel

DIA 27/08 (Sábado): Novena às 19hs;
Homenagem: Famílias
Comunidades Convidadas: Apostolado da Oração
Pregador: Francisco Antonio e Jacinta

DIA 28/08 (Domingo): Missa Festiva de Encerramento às 19hs.
Homenagem: Pau Preto, São Lourenço, Vieira Gomes, Gitirana, Vila Dr. Cícero, Cruzetinha, Vila Isabel, Salgado, Cococi, Bairro Beleza, Cachoeira do Puiu, Bairro Vila Nova, Caixa D’Água, Bairro Brasília, Facundo e Juazeiro.
Pregador: Padre Chagas

Financeiro:



v  Barracas todas as noites;
v  Dia 26 haverá bingo de um carneiro;
v  Dia 28 um leilão secreto de um carneiro;

























Comunidade Miranda – Parambu - CE
De 20 a 28 de Agosto de 2016

“Se fizermos o bem, encontramos o bem nesta vida e na outra”.
Dom Bosco.



CFE 2016

CFE 2016
Clique e saiba mais...

PROGRAMA EVANGELIZAR

Conecte-se com a gente!!!

Conecte-se com a gente!!!

CURTA A NOSSA PÁGINA!!!

Em QuAlquEr LuGaR dIGa...

Em QuAlquEr LuGaR dIGa...

Total de visualizações

PASCOM

PASCOM

Postagens populares

Seguidores